28 de julho de 2017

Lição 5 - Despertamentos Espirituais Norte - Americanos: Subsidio: Juvenis - de 15 a 17 anos



LEITURA BÍBLICA DA SEMANA
Seg. 1Co 2.12-15: Uma fonte espiritual
Ter. Fp 1.9-11: Gerando frutos de justiça
Qua. Mt 16.16: A convicção da verdade
Qui. Sl 51.17: Um espírito quebrantado
Sex. Rm 8.29: Refletindo a imagem de Jesus
Sáb. Sl 42.1,2: Desejo por Deus

OBJETIVOS

- Conhecer as características do primeiro grande avivamento
nos EUA;

- Apontar as características do segundo grande avivamento nos EUA;
- Destacar o impacto do avivamento nos Estados Unidos.


REFLEXÃO
"Como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus!" (Sl 42.1)

SINTETIZANDO
Uma grande fogueira começa com pequenos gravetos. Assim são avivamentos. O "fogo que queimou" a Inglaterra chegou à América. O avivamento norte-americano é o testemunho do que o Espírito Santo fez em uma nação. Cidades e mais cidades, um país inteiro em chamas pelo poder do Espírito Santo. Esse avivamento marcou a história dos Estados Unidos da América e fez desta nação um celeiro de missionários para o mundo.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Marcos 16.17-20
17 E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;
18 Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.
19 Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de Deus.
20 E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém.

INTRODUÇÃO
Apesar da influência puritana, do seu ideal de pureza, de vida religiosa e social, o início da colonização Americana não foi tão favorável para a igreja. Os desafios econômicos e sociais levaram muitos crentes de tradição puritana à frieza espiritual e consequente flexibilidade dos valores puritanos. Mas Deus tinha planos para essa nação. Por ação do Espírito Santo, o avivamento chegou aos Estados Unidos por intermédio de homens valorosos como Francis Asbury e Charles Finney.

A AULA VAI COMEÇAR!
A sugestão de hoje é adaptada do Livro Boas Ideias para Professores de Educação Cristã de Telma Bueno (CPAD, pp.55,56). Inicie falando que a Bíblia e a história da Igreja estão cheias de heróis. Diferente dos heróis dos filmes ou games, as armas que eles usaram não foram espadas, pistolas ou canhões. As armas dos heróis da Bíblia sempre foram a fé, a Palavra de Deus e o amor. Para ilustrar esse fato, faça uma lista de alguns Heróis da História da Igreja. Exemplo: (Martinho Lutero, John Wesley, Charles Finney, Daniel Berg, Gunnar Vingren, Frida Vingren, Celina de Albuquerque etc.). Em seguida, faça a descrição de algumas características marcantes de um por um e veja quem acerta o nome do personagem após a descrição.

1. O PRIMEIRO GRANDE DESPERTAMENTO
1.1. "E estes sinais seguirão aos que crerem..." (Mc 16.17).
Ao olhar para a história dos avivamentos, são abundantes os relatos de sinais maravilhosos que marcaram a vida dos que creram. Uma fé avivada é requisito fundamental para a experiência com o sagrado. Por outro lado, uma mente cauterizada pela incredulidade não é capaz de reconhecer sinais miraculosos. Para os que não creem sempre haverá respostas racionais para os milagres. Mas para quem tem fé até "as pequenas nuvens do tamanho da mão de um homem" prenunciam milagrosamente grandes chuvas (1Rs 18.44). Assim devemos considerar o primeiro grande despertamento espiritual norte-americano, que, como referência, teve homens de grande quilate espiritual.

1.2. Os primeiros sinais do avivamento norte-americano.
Segundo um conceituado historiador eclesiástico, desde muito cedo alguns colonos norte-americanos insistiam na importância de uma experiência pessoal com Deus para a vida cristã. Essa ênfase teve maior impacto a partir de uma série de acontecimentos que ocorreram em 1734. Nessa época, apareceram em Northampton, Massachusetts, as primeiras manifestações do Grande Avivamento. O pastor dessa cidade também cria na necessidade de uma experiência pessoal de conversão. Ele pregava sermões que destacavam a necessidade de uma experiência de convicção de pecado e do perdão da parte de Deus.

1.3. A pregação de poder.
Ao ouvirem os sermões desses homens santos, as pessoas eram levadas às lágrimas em arrependimento por seus pecados. A cidade de Enfield foi um exemplo dessa ação espiritual extraordinária. Ao ouvir a exposição da Palavra de Deus, a multidão de pessoas era de tal forma impactada que se podia ouvir os gritos e lamentos, "como de mulheres em dores de parto". Uma agonia espiritual dominava os corações ao ouvir sobre o juízo de Deus. A Palavra de Deus pode produzir esses mesmos efeitos extraordinários na vida do pecador hoje.

1.4. Pouco depois do início do Primeiro Despertamento.
Grandes avivalistas ingleses visitavam e pregavam nas colônias inglesas da América. Esses grandes homens inspiravam muitos jovens pregadores para proclamarem o Evangelho de forma itinerante nos EUA, e até os pastores locais começaram a pregar com novo brio, podendo-se verificar acontecimentos extraordinários.
A pregação causou grande "alvoroço" e novas experiências de conversões, unidas a um profundo sentimento de arrependimento e alegria em Deus por conta dos pecados perdoados. Quando a Palavra nos atinge, somos impactados em nossas consciências, então, a graça de Deus inunda a nossa alma.

AÇÃO TÓPICO l
Há personagens de destaque no primeiro grande avivamento norte-americano. Eles pregaram sermões poderosos, onde pessoas foram profundamente impactadas pela Palavra de Deus. Procure exemplos como esse e conte na classe ao iniciar este tópico.

2. O SEGUNDO GRANDE DESPERTAMENTO
2.1. Como iniciou?
No fim do século XVIII, começou um segundo grande despertamento espiritual, confirmando o que o Senhor Jesus disse: "E estes sinais seguirão aos que crerem..." (Mc 16.17). As pessoas passaram a ter mais seriedade com a vida cristã, reformando seus costumes para se ajustarem melhor às exigências do Evangelho. A frequência aos cultos aumentou notavelmente, as inumeráveis experiências de conversão eram frequentemente testemunhadas por milhares de pessoas. Entre os principais avivalistas desse período encontram-se Francis Asbury e Charles Finney. Um dos maiores historiadores do século XX, Arnold J. Toynbee, reconheceu o impacto que esse movimento causou no mundo moderno de língua inglesa nos séculos XVIII e XIX. Dentre os homens mais santos desse período, destaca-se Francis Asbury, conhecido como "O Peregrino dos Caminhos Solitários".

2.2. A peregrinação solitária de um avivalista.
Há mais de duzentos anos não havia estradas nem caminhos abertos para andar a pé nos Estados Unidos. As pessoas deviam adentrar às emaranhadas florestas, passar pelos vales sombrios, cruzar rios sem pontes, atravessar pântanos, sempre sob o constante perigo dos ataques de índios ou de revoltados. Nada impediu a este santo homem, Francis Asbury, de espalhar a boa semente do Evangelho em território americano. E por onde passava e pregava, Jesus era com ele e a obra prosperava (Mc 16.20). Inúmeras igrejas foram plantadas por esse homem de Deus. Ora, o Pai pode nos usar nessa geração para pregarmos o Evangelho de Cristo com ousadia, bem como deixarmos um legado para futuras gerações. Já pensou nisso? Que legado você pretende deixar para a sua geração?

2.3. Um homem de Deus chamado Charles Finney.
Outro santo homem que entrou para a história dos avivamentos foi Charles Finney, um jovem advogado que em 10 de outubro de 1821, enquanto orava a sós no bosque fora da cidade, experimentou uma poderosa conversão. Na mesma noite, em seu escritório, teve uma experiência de estar caído aos pés de Jesus, chorando. Tocado por Deus para se dedicar a oração, quando Finney falava às pessoas, estas eram convencidas de seus pecados pelo Espírito Santo e o pediam que orasse por elas. Assim, as reuniões dirigidas por Finney continuaram nas escolas, nos prédios de igrejas e outros estabelecimentos comerciais. Logo, Finney começou a pregar em todos os lugares da nação, onde acontecimentos maravilhosos ocorriam para a glória de Deus. O ministério de Finney foi vigoroso na evangelização das pessoas.

AÇÃO TÓPICO 2
Uma das experiências mais marcantes do segundo grande despertamento foi vivenciada por Charles Finney, quando pregou em uma fábrica. Pesquise sobre este evento e inicie o tópico falando sobre ele com os seus alunos.

3. O IMPACTO DOS DOIS GRANDES DESPERTAMENTOS ESPIRITUAIS NORTE-AMERICANOS
3.1. Impactos sobre a igreja.

Os avivamentos norte-americanos trouxeram várias consequências para a igreja, pois foram fundadas várias sociedades com o propósito de difundir a mensagem do Evangelho para o mundo: como a Sociedade Bíblica Americana, a Junta Americana de Comissionados para Missões Estrangeiras e a plantação de inúmeras igrejas. Que extraordinária contribuição para igreja!
3.2. Impactos sociais.

No campo político, pela primeira vez, houve um movimento que se estendeu às treze colônias, gerando um sentimento de unidade nacional. Também houve destaque para as campanhas de abolição da escravatura, a guerra contra o álcool e o progressivo avanço dos direitos humanos. Que impacto na sociedade!

AÇÃO TÓPICO 3
Assim como a Inglaterra, os Estados Unidos devem o sucesso como nação ao sopro do Espírito Santo. Inicie a aula com fotos ou imagens projetadas de vários pontos conhecidos dos Estados Unidos. Também pesquise alguns números estatísticos como índice de Desenvolvimento Humano (IDH), índices educacionais e econômicos e destaque que isso tudo só foi possível devido ao "sopro" de Deus naquela nação.

CARO PROFESSOR, um dos nossos papéis como educadores é nos manter atualizados através da leitura de bons livros. Agindo assim, devemos indicá-los para os nossos alunos. Ao terminar a aula, converse com seus alunos sobre a necessidade que temos de manter uma biblioteca pessoal, com uma literatura diversificada, contendo assuntos relacionados à Palavra de Deus, à história da Igreja, à teologia entre outros. Entre essa boa literatura, indique o livro Heróis da Fé de Orlando Boyer (CPAD), onde os alunos poderão ter contato com as histórias de várias personagens citadas nas lições deste trimestre.

SUBSÍDIO
"Perto da aldeia de New York Mills, no século dezenove, havia uma fábrica de tecidos (...) Certa manhã, os operários se achavam comovidos, conversando sobre o poderoso culto da noite anterior, no prédio da escola pública. Não muito depois de começar o ruído das máquinas, o pregador, um rapaz alto e atlético, entrou na fábrica. O poder do Espírito Santo ainda permanecia sobre ele; os operários, ao vê-lo, sentiram a culpa de seus pecados a ponto de terem de se esforçar para poderem continuar a trabalhar. Ao passar perto de duas moças que trabalhavam juntas, uma delas, no ato de emendar um fio, foi tomada de tão forte convicção, que caiu em terra, chorando. Segundos depois, quase todos em redor tinham lágrimas nos olhos e, em poucos minutos, o avivamento encheu todas as dependências da fábrica. O diretor, vendo que os operários não podiam trabalhar, achou que seria melhor cuidassem da salvação da alma, e mandou que parassem as máquinas (...)
O Espírito Santo operou com grande poder e dentro de poucos dias quase todos se converteram. Diz-se acerca deste pregador, que se chamava Carlos Finney, que, depois de ele pregar em Govemeur, no Estado de New York, não houve baile nem representação de teatro na cidade durante seis anos. Calcula-se que, durante os anos de 1857 e 1858, mais de 100 mil pessoas foram ganhas para Cristo pela obra direta e indireta de Finney" (BOYER, Orlando. Heróis da Fé. Rio de Janeiro: CPAD, 2002, pp.111,12).

PARA CONCLUIR
Nos dois grandes despertamentos espirituais Deus passou a ser desejado pela nação. Uma das revoluções religiosas no avivamento é essa inclinação para Deus, esse desejo ardente por sua presença, assemelhando-se ao suspiro do Salmista (SI 42.1). Nós também queremos ver os sinais que estiveram presentes nesses avivamentos. O evangelista Marcos revela o que é necessário para vê-los. Primeiro, precisamos crer em Jesus, arrependendo-nos dos pecados (Mc 16.16,17). Em segundo lugar, precisamos pregar com ousadia (Mc 16.20).
HORA DA REVISÃO
1. Qual é o requisito fundamental para a experiência com o sagrado?
Uma fé avivada.


2. O que acontecia com as pessoas que ouviam os sermões desses homens santos?
As pessoas eram levadas às lágrimas em arrependimento por seus pecados.


3. Quem são os dois avivalistas que se destacaram no segundo grande despertamento espiritual?
Francis Asbury e Charles Finney.


4. Quais foram os resultados para a igreja americana em relação ao despertamentos no campo eclesiástico?
Foram fundadas várias sociedades com o propósito de difundir a mensagem do evangelho corno a Sociedade Bíblica Americana, a junta Americana de Comissionados para Missões Estrangeiras e a fundação de várias igrejas.


5. Quais foram os resultados para a sociedade americana, em relação ao despertamentos no campo político-social?
Pela primeira vez houve um movimento que se estendeu às treze colônias, gerando um sentimento de unidade nacional, também teve destaque as lutas pela abolição da escravatura, a guerra contra o álcool e o progressivo avanço dos direitos humanos.

Revista Juvenis - de 15 a 17 anos: 3º Trimestre de 2017 - Tema: Avivamento para juventude: Cpad...mais »

Clique nos links abaixo
através deste site.Almeida Revista e
Atualizada
Bíblia Nova Tradução na Linguagem de Hoje, da Sociedade Bíblica do Brasil. através deste site.
BÍBLIA ONLINE

Fonte: Lições Bíblicas Juvenis – 3° Trimestre de 2017/ Fonte: www.sub-ebd.blogspot

Nenhum comentário:

Postar um comentário