4 de agosto de 2017

Lição 6 - A explosão do Movimento Pentecostal: Subsidio: Juvenis - de 15 a 17 anos





LEITURA BÍBLICA DA SEMANA
Seg. At 13.52 – A alegria do Espírito Santo
Ter. 1Co 12.3 – O Espírito Santo testifica a Cristo
Qua. Mc 1.8 – Cristo é quem batiza como Espírito Santo
Qui. At 8.15 – Orando para receber o Espírito Santo
Sex. Ef 4.30 – Selados pelo Espírito Santo
Sáb. At 13.2,3 – Enviados pelo Espírito Santo

OBJETIVOS
- Conhecer as raízes do Movimento Pentecostal Moderno;
- Identificar as características do Pentecostalismo nos Estados
Unidos;

- Expor as características do Pentecostalismo no Brasil.

REFLEXÃO
"E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos jovens terão visões, e os vossos velhos sonharão sonhos." (At 2.17)
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Lucas 4.16-21
16 E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler.
17 E foi-lhe dado o livro do profeta Isaías; e, quando abriu o livro, achou o lugar em que estava escrito:
18 O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados do coração,
19 A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do SENHOR.
20 E, cerrando o livro, e tornando-o a dar ao ministro, assentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele.
21 Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos.

SINTETIZANDO
Um movimento ao Espírito Santo. Assim é o Movimento Pentecostal, fruto da ação soberana de Deus entre nós. Sem deixar de ser cristocêntrico, pois é Cristo, pois é Cristo que batiza o crente com o Espírito Santo; sem relativizar a Palavra, pois toda experiência deve ser legitimada pelas Escrituras. Assim é o Movimento Pentecostal nascido no alvorecer do século XX da presente era.

INTRODUÇÃO
O que significa quando dizemos "sou pentecostal"? Essa é a questão proposta pelo teólogo pentecostal Robert P. Menzies na obra Pentecostes - Essa História é a Nossa História, publicada pela CPAD. Nesta lição, veremos um pouco da nossa história. Perceberemos que o Movimento Pentecostal, desde seu nascedouro, possui fundamentos bíblicos e teológicos sólidos. Convido você a refletir sobre o rico Legado que nos foi passado por nossos pais pentecostais. Vamos conhecer essa rica história, desde seu nascedouro em Topeka, no Kansas, passando pela rua Azusa até chegar ao Brasil, em Belém do Pará.

A AULA VAI COMEÇAR!
Para iniciar a aula de hoje, distribua pequenos grãos de milho para seus alunos. Em seguida peça-os que segurem na palma da mão. Pergunte aos alunos o que eles estão vendo? Provavelmente, eles responderão que estão vendo grãos de milho ou sementes. Em seguida, distribua alguns pacotinhos de pipoca para os alunos e diga que na ótica do pipoqueiro, ao olhar para os pequenos grãos de milho, ele já havia visto "pacotinhos de pipoca". Assim foi com o Movimento Pentecostal Moderno; apesar de seu pequeno começo, Deus já havia visto um movimento que "tomou conta" do mundo. Hoje, seus alunos são muito jovens e, talvez ainda sem experiências, mas quando Deus os vê, Ele contempla o que está além. Jeremias era apenas uma criança, mas Deus o via como um grande profeta para seu povo.

1. O INICIO DE TUDO NOS EUA
1.1. Em Topeka.
No desabrochar do século XX, mais especificamente no dia 1° de janeiro de 1901, na cidade de Topeka, Estado do Kansas (EUA), um evento maravilhoso mudaria mais uma vez a história da Igreja. No seminário bíblico fundado por Charles Fox Parham, a jovem Agnes Ozman creu firmemente na atualidade da promessa do derramamento do Espírito Santo (At 2,17). Ao receber a imposição de mãos e a oração de Parham, imediatamente a jovem foi cheia do Espírito Santo e começou a falar em outras línguas.

1.2. A grande experiência.
Charles Parham ensinava sobre o livro de Atos, destacando que a bênção ocorrida entre os crentes da igreja primitiva estava disponível para a atualidade, Agnes Ozman cria nisso de o todo coração, e sua autobiografia revela o seu profundo desejo por essa benção - "Eu queria a promessa do Pai mais do que comida ou descanso". Parham é considerado um dos pioneiros do Movimento Pentecostal moderno. Ao valorizar a experiência cristã, sem desvalorizar as Escrituras, ele ajudou a lançar as primeiras bases doutrinárias do jovem movimento.

AÇÃO TÓPICO l
No primeiro tópico, apresentamos o início do Movimento Pentecostal Moderno. Antes de apresentar este tópico, converse com seus alunos sobre o equívoco do pensamento conservador cessacionista, que nega a continuidade da experiência pentecostal para além da igreja primitiva. Destaque que, tanto as Escrituras quanto a história da Igreja dão testemunho da continuidade desta benção. Leia a obra "Pentecostalismo e Pós-Modernidade", editada pela CPAD.

2. O MOVIMENTO PENTECOSTAL NA RUA AZUSA
2.1. A Rua Azusa.
"Esquisita Babel de línguas", "Nova seita de fanáticos à solta", "Cena grotesca ontem à noite na Rua Azusa". Assim noticiavam alguns jornais que se opunham ao grande avivamento que ocorria na Rua Azusa. A despeito de toda oposição, o fato é que esse profícuo movimento do Espírito resistiu e revolucionou o mundo. A Missão da rua Azusa, cuja sede funcionava num antigo prédio de madeira, parcialmente queimado, bancos improvisados e púlpito feito de caixotes, foi o "cenáculo" moderno, onde os crentes foram cheios do Espírito Santo para incendiar o mundo.

2.2. Sob a liderança de William Seymour.
Um pastor negro, cego de um olho, que tinha sido aluno de Parham. Por causa de leis injustas, ele assistia às aulas do lado de fora da sala, pois negros e brancos não podiam estudar na mesma sala. Mas diferentemente na rua Azusa, num contexto de profunda segregação racial norte-americana, "negros e brancos" cultuavam a Deus juntos, mulheres ocupavam espaços de liderança e o Espírito Santo era derramado sobre todos. Os jornais simpáticos ao movimento relatavam inúmeros milagres ocorridos na missão da rua Azusa: curas, libertação, conversões e o magnífico batismo no Espírito Santo com a evidência do "falar em línguas".

AÇÃO TÓPICO 2
Durante o avivamento da Rua Azusa, muitos jornalistas escreveram sobre o que ocorria ali. Alguns criticavam, mas muitos escreviam relatando com entusiasmo o que ocorria naquele lugar. Pesquise um desses relatos positivos e leia em sala de aula.

3. O MOVIMENTO PENTECOSTAL NO BRASIL
3.1. A singularidade do Movimento Pentecostal no Brasil.
Segundo o livro História do Movimento Pentecostal no Brasil, do pastor Isael de Araújo, publicado pela CPAD, o pentecostalismo brasileiro é considerado um dos maiores avivamentos da História. Apesar de ter outros eventos que marcaram o movimento pentecostal brasileiro, nenhum foi tão impactante quanto o movimento iniciado na cidade brasileira de Belém com Daniel Berg e Gunnar Vingren, ambos de nacionalidade sueca.
Tudo começou quando os missionários suecos desembarcaram em Belém do Pará em 19 de novembro de 1910, vindos dos Estados Unidos, onde foram avivados pela chama Pentecostal.

3.2. O crescimento.
Após uma breve passagem pela igreja Batista em Belém, na casa da Irmã Celina de Albuquerque, considerada a primeira crente brasileira batizada com o Espirito Santo (08/06/1911), Daniel Berg e Gunnar Vingren fundaram a igreja Missão da Fé Apostólica (18/06/1911), que mais tarde se tornaria a Assembleia de Deus (11/01/1918). Assim, o Movimento Pentecostal revolucionou o Brasil tanto no aspecto religioso quanto no social. Em pouco mais de 30 anos a mensagem pentecostal chegaria a todos os estados do Brasil. E mais de 100 anos depois, a Assembleia de Deus se tornaria a maior denominação evangélica do país com mais de 13 milhões de crentes.

AÇÃO TÓPICO 3
Apesar de hoje haver relatos de que possa ter ocorrido experiências pentecostais no Brasil antes das Assembleias de Deus, nenhuma denominação evangélica mudou tanto o Brasil quanto a denominação fundada por Daniel Berg e Gunnar Vingren. Inicie esse tópico cantando o Hino 144 "Vem à Assembleia de Deus".
CARO PROFESSOR, a história do Movimento Pentecostal no Brasil foi marcada por inúmeras experiências extraordinárias com Deus. Incentive seus alunos a pesquisar sobre a história da sua igreja local, entrevistando os membros mais antigos. Convide alguns membros para estar em classe contando essa história para seus alunos, peça-os para testemunharem como Deus trabalhou ao Longo da história para a igreja chegar até o presente século.

SUBSIDIO 1
Em 19 de novembro de 1910, os suecos Adolph Gunnar Vingren e Daniel Gustav Hogberg, batizados no Espirito Santo em Chicago no ano anterior, chegaram, pelo navio Clement, a Belém do Pará, procedentes dos Estados Unidos da América. Depois que alguns brasileiros subiram no navio, eles ouviram o idioma português - aquele mesmo idioma que o Espírito Santo tinha levado Olof Adolfo Uldin a pronunciar durante uma reunião de oração nos EUA, na qual Gunnar Vingren recebera a chamada de Deus para vir para o Pará. Eles não compreenderam nada e sentiram certo temor em seus corações. Mas este sentimento desapareceu bem depressa e, outra vez, se sentiram bem tranquilos e seguros nas mãos de Deus.
Quando desembarcaram, não havia ninguém para recebê-los, mas acompanharam as pessoas que iam para a cidade e confiaram que Deus iria guiá-los [...].
Depois, eles seguiram seu caminho. Em todo o tempo, esperavam que Deus os guiasse. Chegaram a um parque e se sentaram num banco. Oraram a Deus, pedindo sua ajuda e direção" (ARAÚJO, Isael de. História do Movimento Pentecostal no Brasil. Rio de Janeiro: CPAD, 2016, p.14).

SUBSÍDIO 2
Há o consenso geral de que as origens do movimento pentecostal moderno podem ser rastreadas até 1° de Janeiro de 1901, numa pequena escola bíblica em Topeka, Kansas, EUA.
Ali foi feita uma clara conexão entre a experiência do batismo no Espírito Santo e o falar em línguas. Essa experiência foi entendida à luz da descrição do derramamento milagroso do Espírito no dia de Pentecostes, que é descrito em Atos 2 como capacitação para a missão. Essa perspectiva teológica - que as experiências descritas em Atos servem de modelo para a experiência cristã contemporânea, que o batismo no Espírito (At 2.4) é uma capacitação pós-conversão para a missão e que o falar em Línguas marca essa experiência - foi transmitida a William Seymour, pregador negro sério que levou a mensagem pentecostal para uma pequena missão improvisada no Sul da Califórnia. O Avivamento da Rua Azusa (1906 - 1909) que Seymour presidiu semeou as sementes de um movimento que se tornaria no que certo estudioso chamou de 'o movimento social de maior sucesso no século passado'. Como resultado desse avivamento, a mensagem pentecostal que anuncia que o poder que impulsionou a igreja apostólica está disponível hoje foi levada para o mundo inteiro (MENZIES, Robert P. Pentecostes, Essa História É a Nossa História. Rio de Janeiro: CPAD, 2016, pp.13,14).

PARA CONCLUIR
"[...] E recebereis o dom ao Espírito Santo" (At 2.30). No versículo seguinte, o 39, Lucas destaca o aspecto universal dessa gloriosa promessa, fundamentando assim a doutrina da atualidade da experiência pentecostal. Uma promessa atrelada ao arrependimento dos pecados e à centralidade de Cristo. Assim, cremos que o mesmo Espírito que possibilitou a missão de Cristo (Lc 4.18), também soprou em Topeka, em Azusa, em Pelem e sopra ainda hoje em cada crente que receber a gloriosa promessa.

HORA DA REVISÃO
1. Quem pode ser considerado o pioneiro do movimento Pentecostal moderno?
Charles Fox Parham.


2. Quem era o Líder da missão que ocorria na Rua Azusa?
William Seymour.


3. Quais os eventos noticiados pelos jornais simpáticos ao Movimento Pentecostal ocorrido na Rua Azusa?
Relatavam inúmeros milagres ocorridos na missão da rua Azusa: curas, libertação, conversões o magnífico batismo no Espírito' Santo com a evidência do "falar em línguas".

4. Em qual cidade iniciou o movimento Pentecostal no Brasil, dando origem as Assembleias de Deus?
Belém - PA.

5. Quais foram os dois missionários que lideraram o movimento Pentecostal iniciado em Belém?
Daniel Berg e Gunnar Vingren.



Revista Juvenis - de 15 a 17 anos: 3º Trimestre de 2017 - Tema: Avivamento para juventude: Cpad...mais »

Clique nos links abaixo
através deste site.Almeida Revista e
Atualizada
Bíblia Nova Tradução na Linguagem de Hoje, da Sociedade Bíblica do Brasil. através deste site.
BÍBLIA ONLINE
Fonte: Lições Bíblicas Juvenis – 3° Trimestre de 2017/
Fonte: www.sub-ebd.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário