17 de janeiro de 2017

Dinâmica: Abrindo o Tesouro: Lição 01: A necessidade humana: O problema do pecado: Discipulando – 1º. Ciclo – Conhecendo Jesus e o Reino de Deus – Novos Convertidos


Clique nos links abaixo
Escola Bíblica Dominical
Lições Bíblicas 4º Trimestre 2016
Lições Bíblicas 1º Trimestre 2017
Últimos acontecimentos - Bíblicos
Lições Bíblicas 1º Trimestre 2017

através deste site.Almeida Revista e
Atualizada
BÍBLIA ONLINE
Bíblia Nova Tradução na Linguagem de Hoje, da Sociedade Bíblica do Brasil. através deste site.

 
Justificativa: A nova Revista Discipulando está estruturado em 4 Ciclos, isto é, são quatro trimestre ao longo de um ano de curso.

São Eles:
1. Revista 1: Conhecendo Jesus e o Reino de Deus
2. Revista 2: Conhecendo as Doutrinas Cristãs
3. Revista 3: Vivendo as Verdades da Fé
4. Revista 4: Portando uma nova identidade

Considerando o caráter permanente do Discipulado Cristão, à luz do Novo Testamento, o nome do curso de Discipulado mudou para DISCIPULANDO, bem como a sua extensão de 2 para 4 ciclos, conforme demonstrado acima. Com essa estruturação, apresentaremos ao novo convertido, em primeiro lugar, a pessoa sublime de Jesus de Nazaré (“Quem ele foi?”; “O que ensinou?”; “O que ele fez?”). Em seguida, levaremos o novo convertido a conhecer a doutrina bíblica do Reino de Deus, isto é, seu conceito e as implicações para a vida daquele que é vocacionado por Jesus a impactar o mundo. Ao final da revista 1, o novo convertido terá conhecido Jesus e o seu ensino inspirador sobre o Reino de Deus, pois conhecer Jesus e a sua mensagem é o fundamento que todo novo convertido de conhecer.

Em segundo lugar, na revista de número 2 o novo convertido conhecerá a doutrina cristã de caráter pentecostal, tais como: a Bíblia, Deus, o Espírito Santo, o Batismo com o Espírito Santo etc. Assim, ele terá uma visão panorâmica da fé que abraçou. Em terceiro, a revista 3 demonstrará as implicações práticas dos ensinamentos básicos doutrinários estudados na revista anterior para a vida do novo convertido. Por isso o título: “Vivendo as Verdades da Fé”. Por último, afirmamos que o novo convertido tem de ter a consciência da nova identidade que ele passou a portar. É uma vivência totalmente diferente a da sua vida pregressa. Chamo atenção para o título da lição 13 da Revista Discipulando 4: “É hora de Agir”. Aqui, se deseja mostrar que o discipulado não é um trabalho pronto e acabado, muito pelo contrário: ele é contínuo e permanente.

Portanto, poderíamos assim destacar os objetivos do presente currículo de Discipulando:
• Formar o novo convertido como discípulos de Jesus à luz do Evangelho.
• Conceituar o Reino de Deus e expressar os seus aspectos e implicações para vida do novo convertido.
• Conhecer as principais doutrinas bíblicas com ênfase na experiência pentecostal clássica.
• Estimular o novo convertido a aplicar os ensinos bíblicos doutrinários à sua vida cotidiana.
• Conscientizar o novo convertido de sua nova identidade, a cristã.

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.

- Falem do tema da aula: Conhecendo a Bíblia. É importante que os alunos possuam Bíblia, sendo assim procurem, com antecedência, o Departamento do Discipulado ou de Evangelismo de sua Igreja para solicitar os exemplares para os alunos.

- Falem que neste dia eles vão conhecer as partes da Bíblia e como encontrar um texto bíblico.

Certamente, para a maioria dos seus alunos, este é o primeiro contato que têm com uma situação de ensino da Bíblia de forma sistemática.

Alguns poderão apresentar ansiedade por não saber manusear o Livro dos livros. Tranquilize-os, afirmando que nessa aula é apenas uma iniciação, mas com o passar do tempo eles vão adquirindo agilidade no manuseio da Bíblia.
- Para a condução dessa aula, utilizem a dinâmica “Abrindo o Tesouro”.
- Para concluir, leiam o texto “Leitura Proveitosa”.
Tenham uma excelente e produtiva aula



   Dinâmica: Abrindo o Tesouro
Objetivos:
Manusear a Bíblia de forma satisfatória.
Conhecer a organização da Bíblia: Antigo e Novo Testamento, sequência dos livros, divisão em capítulos e versículos.

Material:
01 Bíblia para cada aluno.
Procedimento:
- Depois que vocês falarem que a Bíblia Sagrada é a Palavra de Deus e que nEla encontramos alimento para a vida espiritual, digam que para termos conhecimento dos ensinamentos divinos, precisamos ler e estudar a Bíblia. Para isto, precisamos saber como manuseá-la.

- Solicitem aos alunos para que abram a Bíblia no índice e falem: esta é a relação nominal dos livros que compõem a Bíblia. O vocábulo “Bíblia” significa: conjunto de livros.
- Falem ainda: Aqui nós encontramos o nome do livro, abreviação desse nome, o número de capítulos e o número da página. Observem também que a Bíblia está dividida em duas partes: Antigo Testamento com 39 livros, Novo Testamento com 27. Portanto a Bíblia é composta por 66 livros.
- Continuem falando: Para encontrar com facilidade um texto na Bíblia, os seus livros estão divididos em capítulos e versículos.
- Ainda observando o índice, peçam aos alunos para encontrar João capítulo 3, versículo 16. Orientem os alunos que o Evangelho Segundo São João está no Novo Testamento.
- Aguardem que todos encontrem este livro. Em seguida, falem que os números grandes são os capítulos, enquanto os pequenos são os versículos. Então, já que todos encontraram o Evangelho de João, vamos procurar o texto neste endereço: capítulo 3, versículo 16. Depois todos deverão ler o versículo em voz alta.
- Agora vamos fazer outra busca: agora será Salmo 119, versículo 11. Depois peçam para que todos leiam: “Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti”. Então, falem da importância da leitura bíblica e da obediência a Palavra de Deus.
- Passem para os alunos uma tarefa para casa. Escrevam no quadro 04 referências e peçam para que procurem estes textos, copiem cada um deles numa folha e deverão trazer na próxima aula. Também deverão memorizar pelos menos uma dessas referências.

Texto de Reflexão: Leitura Proveitosa
O professor de Bíblia, William Barclay, lembra a experiência de um grupo de soldados britânicos, durante a I Guerra Mundial. Os homens tiveram um longo período de tranquilidade em relação aos seus inimigos. Entre eles havia um ateísta que, para preencher os dias monótonos, foi ao capelão e perguntou se tinha qualquer livro para ler. O único livro que o capelão tinha era a Bíblia. A princípio, o ateísta recusou a Bíblia, mas então a levou e começou a ler pelo Antigo Testamento. Ele se deparou com a história de Ester e ficou tão cativado pela mesma que decidiu ler toda a Bíblia. À medida que o fez, compreendeu que o que ele estava lendo era a verdade e aceitou a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador.

O apóstolo Paulo afirmou em II Tm 3.16 que “toda escritura é proveitosa”. Ela dá às pessoas a sabedoria que conduz a “salvação, pela fé que há em Cristo Jesus”(v.15). Mesmo passagens que parecem ser monótonas e sem valor espiritual, têm o poder de transformar a vida das pessoas.

Se na nossa leitura nos deparamos com passagens que a princípio achamos sem inspiração, vamos confiar no Espírito Santo de que falará aos nossos corações e transformará nossas vidas. Lembre-se: quando se trata da Bíblia – desde Gênesis a Apocalipse – ela é divinamente inspirada e proveitosa.
Autor: Vermon Grounds.
Fontes: Nosso Pão Diário

Por Sulamita Macedo. Adaptação feita por Adália Helena.



VEJA TODAS AS LIÇÕES AQUI... << Revista Discipulando 1º Ciclo – Conhecendo Jesus e o Reino de Deus – CPAD

Nenhum comentário:

Postar um comentário